Bolsa de Suínos
DataDiferidoTributado
18/08/20228,000,00
11/08/20228,200,00
04/08/20227,900,00
28/07/20227,200,00
Notícias
18/08/2022 •  Realinhamento de mercado leva à reajuste na BSim
17/08/2022 •  República Dominicana abre mercado para suínos do Brasil
17/08/2022 •  Soja e milho recuam em Chicago por preocupações com demanda chinesa
16/08/2022 •  Coosuiponte marca presença no 14º Simpósio Brasil Sul
Eventos
18/08/2022 •  Simpósio Brasil Sul de Suinocultura – SBSS
26/08/2022 •  Circuito Nacional Danbred Brasil
27/10/2022 •  PORKEXPO E 10º CONGRESSO INTERNACIONAL DE SUINOCULTURA’
Galerias
31/01/2020 •  Confira as fotos da 10ª Suinfest - 2018
07/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 07/7
06/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 06/7
05/07/2016 •  Fotos: Jantar de Abertura 9ª Suinfest (dia 05/7)
Notícias

Bolívia pode sofrer uma possível escassez de carne suína



Possível escassez de carne suína pode acontecer caso não seja autorizada a importação dos grãos da Argentina

A Associação Departamental dos Produtores de Carne Suína (Adepor) de Santa Cruz revelou que desde novembro de 2021 não recebe milho subsidiado distribuído pela Empresa de Apoio à Produção Alimentar (Emapa) e alertou para uma possível escassez de carne suína caso não seja autorizada a importação do grão da Argentina, diz reportagem da rede Erbol.

Recentemente, o setor de suínos decidiu aumentar o preço da carne suína em Bs 2. A medida foi rejeitada pelo Governo, que sustenta que entrega regularmente aos produtores.

Mas ao contrário da versão estatal, o gestor da Adepor, Henry Chávez, afirmou que o sector pecuário está em estado de emergência devido à falta de milho, o que afeta o aumento dos alimentos.

“Os produtores de suínos subsidiaram a questão do preço por muitos anos, mas não podemos mais. O setor está em colapso, fechamos fazendas e o que vai ser alcançado, se não for resolvido, nossas fazendas serão fechadas e haverá escassez de carne suína em todo o país”, disse em entrevista ao programa O Tarde ao Vivo, de Erbol.

Chávez afirmou que o milho é um dos principais alimentos para a criação de suínos, que chega a chegar a 75%.

No momento, ele disse que o milho que é comprado atualmente é através do "mercado negro".

“É uma afetação nacional, por isso, pedimos ao Governo que nos ajude nesta questão. Eles têm todas as ferramentas e todo o poder e é por isso que pedimos que eles possam importar milho da Argentina, que é o país vizinho, porque sabemos que podemos obtê-lo a um preço melhor”, disse.

 


14/05/2022 - Suinocultura Industrial

Para sua segurança, altere a sua senha!


Informe a senha antiga, a nova senha e, em seguida, repita a nova senha e clique o botão salvar.


Senha Antiga


Nova Senha


Repita a Nova Senha


   
Label