Bolsa de Suínos
DataDiferidoTributado
26/11/20207,700,00
19/11/20209,100,00
12/11/20209,600,00
05/11/20209,800,00
Notícias
26/11/2020 •  Bolsa de Suínos do Interior de Minas (BSim) define preço a R$ 7,70
25/11/2020 •  Entrada da China no mercado de grãos irá revolucionar a produção de milho
25/11/2020 •  [MSD - Empresa +Parceira] Gestão sanitária no controle de doenças na suinocultura intensiva
24/11/2020 •  AgroLive do dia 27 de novembro será sobre o desafiardo ano de 2020
Galerias
31/01/2020 •  Confira as fotos da 10ª Suinfest - 2018
07/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 07/7
06/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 06/7
05/07/2016 •  Fotos: Jantar de Abertura 9ª Suinfest (dia 05/7)
Notícias

[Na mídia] Desempenho exportador das carnes nos primeiros nove dias úteis de novembro




Por Notícias Agrícolas
 
 
Embora tenham apresentado ligeira queda de ritmo em relação à semana inicial do mês (redução à primeira vista contábil, não necessariamente física), as exportações das três carnes continuam apresentando bom andamento – ainda que as carnes bovina e de frango continuem com preços médios negativos em relação a novembro de 2019.
 
 
Em termos relativos, o melhor desempenho continua sendo o da carne suína, cujo preço médio no mercado internacional – a despeito da desvalorização da moeda brasileira – permanece mais de 6% superior ao de um ano atrás. E como os embarques diários aumentaram perto de 60%, a receita cambial daí decorrente sinaliza aumento anual em torno de 65%.
 
 
A carne bovina apresenta índices de incremento mais moderados: de perto de 25% no volume médio diário e (também pela média diária) de quase 13% na receita cambial, além de enfrentar redução de 9,21% no preço médio do mês (comparativamente a novembro de 2019).
 
 
Mas como seus embarques e seus preços correspondem a mais do dobro dos embarques e do preço da carne suína, a carne bovina vem sendo a principal contribuinte da receita cambial das carnes: por ora, 54% da receita total das três carnes, enquanto as carnes de frango e suína respondem por, respectivamente, 31% e 15% do total.
 
 
A carne de frango é a que segue com maior perda de preço: queda de mais de 17% nos primeiros nove dias úteis (ou primeira quinzena) de novembro em comparação ao mesmo mês do ano passado. Mas tende a um significativo avanço no volume – tanto em relação ao mês anterior, quanto a novembro de 2019. Sinaliza, porém, nova redução anual (-2,04%) na receita cambial.

17/11/2020

Para sua segurança, altere a sua senha!


Informe a senha antiga, a nova senha e, em seguida, repita a nova senha e clique o botão salvar.


Senha Antiga


Nova Senha


Repita a Nova Senha


   
Label