Bolsa de Suínos
DataDiferidoTributado
26/11/20207,700,00
19/11/20209,100,00
12/11/20209,600,00
05/11/20209,800,00
Notícias
26/11/2020 •  Bolsa de Suínos do Interior de Minas (BSim) define preço a R$ 7,70
25/11/2020 •  Entrada da China no mercado de grãos irá revolucionar a produção de milho
25/11/2020 •  [MSD - Empresa +Parceira] Gestão sanitária no controle de doenças na suinocultura intensiva
24/11/2020 •  AgroLive do dia 27 de novembro será sobre o desafiardo ano de 2020
Galerias
31/01/2020 •  Confira as fotos da 10ª Suinfest - 2018
07/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 07/7
06/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 06/7
05/07/2016 •  Fotos: Jantar de Abertura 9ª Suinfest (dia 05/7)
Notícias

[MSD - Empresa +Parceira] Utilização de Zuprevo - Período de adaptação de nulíparas em uma granja




*Manuel Toledo Castillo, médico-veterinário
Arturo López Sánchez, médico-veterinário
José Manuel Pinto Carrasco, engenheiro agrônomo
 
 
Aspectos práticos do uso de Zuprevo
 
Objetivo
 
 
O objetivo fundamental que consideramos na hora de aplicar um tratamento com tildipirosina (Zuprevo), é dispor de uma maior flexibilidade e eficácia na hora de estabelecer um protocolo de adaptação das nulíparas com tratamentos antibióticos. A eleição de um tratamento injetável de longa ação permite realizar o tratamento na entrada das nulíparas de maneira individualizada, adaptado a cada concreta situação, e, portanto, de maneira mais eficiente. Mas, a aplicação de um tratamento injetável reporta um claro benefício na logística com manejo das rações, uma vez que não é necessário ter referência de rações “extras” para medicação de nulíparas.
 
 
Quando aplicamos Zuprevo?
 
A seguir refletimos os aspectos essenciais na hora de decidir a aplicação do tratamento com Zuprevo nas nulíparas durante período de aclimatação na granja.
 
 
1. Como tratamento curativo. Uma vez que em certas ocasiões alguns lotes de nulíparas manifestam sintomas de patologia respiratória. O processo clínico afeta seu rendimento reprodutivo posterior de modo que a administração precoce do Zuprevo ajuda reduzir os sintomas de maneira eficaz, ao tempo que a administração com apenas uma dose facilita o manejo e reduz o estresse dos animais de maneira notável.
 
 
2. Uso metafilático. Em situações de alto risco de aparecimento de patologia respiratória. Zuprevo alcança altos níveis de concentração e eficácia desde o primeiro momento de sua aplicação, para os principais patógenos respiratórios e estes persistem durante 14 dias de modo que teremos os animais protegidos durante o período crítico de adaptação. Um controle deficiente das patologias respiratórias nesta fase de produção pode dar lugar ao aumento da taxa de eliminação de nulíparas e, portanto, aumento no custo de produção.
 
 
3. Na introdução de nulíparas na granja como alternativa à medicação via ração para controle dos processos respiratórios. A aplicação de Zuprevo por via injetável elimina os problemas de subdosagem que podem ocorrer nas medicações via ração em período de estresse para os animais, uma vez que o consumo de alimento normalmente é baixo neste momento.
 
 
4. Aplicar a dose e tratamento completo. Em situações onde não podemos garantir a administração da dose correta do tratamento, assim como sua completa administração. Nestes casos um tratamento via injetável de dose única nos permite administrar a dose correta a cada animal e garantir o tratamento completo do mesmo.
 
 
5. Quando as futuras reprodutoras são introduzidas diretamente nas baias da granja (sem passar por alguma instalação isolada) desde as recrias externas, seja porque necessitamos de nulíparas para alcançar o objetivo de coberturas definidos para a banda/lote em período de tempo curto, ou seja devido a limitações de espaço na área de adaptação que nos obriga a introdução direta das nulíparas na área de gestação.
 
 
6. No momento da introdução na granja de nulíparas de maior peso e idade que o recomendado, devemos reduzir o período de adaptação na granja ao mínimo possível e dessa maneira reduzir os custos envolvidos nos dias não produtivos das nulíparas na granja. Como sabemos, a introdução de nulíparas pesadas representa um aumento nos custos nesta fase, uma vez que habitualmente observa-se uma porcentagem de eliminação precoce muito alta e suas necessidades de manutenção são maiores.
 
 
7. Na introdução de um elevado número de nulíparas com a finalidade de aumentar os dias de adaptação na granja, por exemplo quando se fecha uma granja durante quatro meses. Neste caso a aplicação de 4mg de Zuprevo /Kg de peso vivo, faz com que possamos alojar estes animais em qualquer área da granja sem risco de incrementar os processos patológicos respiratórios nestes animais de elevado valor econômico.
 
 
Conclusões
 
O uso de Zuprevo no controle de patologias respiratórias tanto em uso preventivo com curativo durante a fase de adaptação de marrãs à granja obteve excelentes resultados, assegurando uma correta aclimatação das leitoas na exploração. Recordemos que as nulíparas são a base da sanidade de uma granja e da linha de engorda, e atuam na granja em qualquer momento em que não atingimos o objetivo de coberturas e devemos acelerar o processo de introdução de nulíparas e a capacidade da granja não permite períodos de adaptação muito longos. Conseguir uma boa aclimatação é fundamental para reduzir a porcentagem de fêmeas eliminadas no primeiro ciclo por baixa produtividade ou por causas reprodutivas, muitas vezes ligadas a uma má adaptação sanitária à granja, e Zuprevo tem demonstrado ser uma ferramenta eficaz para se conseguir uma correta aclimatação das nulíparas nestas situações de risco sanitário.
 
 
A aplicação de uma única dose de Zuprevo por via injetável permite maior flexibilidade no tratamento dos animais a entrada da granja ou ao serem carregados no caminhão de transporte ou incluso na granja de origem. Após a aplicação se conseguem altas concentrações rapidamente nos pulmões, ao tempo que permanecem durante pelo menos 14 dias, sendo que o período crítico do aparecimento de problemas respiratórios nas nulíparas temos protegido por uma rápida ação e persistência do Zuprevo, onde podemos concluir que é uma ferramenta eficaz e de manejo versátil na hora de realizar tratamentos antibióticos coletivos e  individuais em nulíparas.
 

28/10/2020

Para sua segurança, altere a sua senha!


Informe a senha antiga, a nova senha e, em seguida, repita a nova senha e clique o botão salvar.


Senha Antiga


Nova Senha


Repita a Nova Senha


   
Label