Bolsa de Suínos
DataDiferidoTributado
29/10/20209,600,00
22/10/20209,600,00
15/10/20209,100,00
08/10/20208,600,00
Notícias
29/10/2020 •  Bolsa de Suínos do Interior de Minas (BSim) define preço a R$ 9,60
29/10/2020 •  [DB - Empresa +Parceira] Novos núcleos DB-DanBred elevarão a produtividade da suinocultura nacional
28/10/2020 •  [MSD - Empresa +Parceira] Utilização de Zuprevo - Período de adaptação de nulíparas em uma granja
27/10/2020 •  Assuvap/Coosuiponte abraça campanha do Outubro Rosa
Galerias
31/01/2020 •  Confira as fotos da 10ª Suinfest - 2018
07/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 07/7
06/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 06/7
05/07/2016 •  Fotos: Jantar de Abertura 9ª Suinfest (dia 05/7)
Notícias

[Artigo - MSD empresa +Parceira]Cuidados com o uso da medicação injetável em suínos de recria e terminação



Como mencionado no artigo anterior, alguns cuidados são fundamentais para que tenhamos sucesso na utilização dos antibióticos injetáveis.

Após o, diagnóstico clínico, os seguintes itens abaixo devem ser considerados para a escolha do medicamento adequado:
 
1) Espectro de ação e ação no local da infecção;
 
2) Rápida absorção;
 
3) Tempo de ação nos locais de infecção. Nesse caso, visando à prevenção de doenças em fases críticas por mais tempo, um exemplo são os Macrolídeos de Longa Ação (Tildipirosina – Zuprevo4%), com períodos de ação por até 17 dias no tecido pulmonar;
 
4) Período de carência: esse é um ponto importante, sobretudo quando temos desafios sanitários que ocorrem na fase de terminação. Fármacos de amplo espectro como as Cefalosporinas (Bioxell® – Ceftiofur), podem ser utilizadas em desafios respiratórios no final da terminação pelo curto ou ausência de período de retirada.
 
5) Sensibilidade bacteriana: o ideal é que seja realizado o diagnóstico e antibiograma para a seleção da molécula com maior sensibilidade.
 
6) Preferência para associações, quando necessário. O uso de antibióticos associados é indicado em casos de infecções mistas, buscando um efeito terapêutico aditivo ou sinérgico (potencialização do efeito) entre essas associações.
 
Há também as associações entre antibióticos e anti-inflamatórios, que devem ser adotadas em alguns casos. Um exemplo é o antibiótico Suprapen® (associação das Penicilinas procaína e benzatina, Sulfato de dihidroestreptomicina e Piroxicam).  O anti-inflamatório auxilia reduzindo os efeitos da inflamação, permitindo a ação mais rápida da associação de antibióticos.
 
 
 
 *Médica veterinária, Coordenadora de Assistência Técnica da MSD Saúde Animal.

 

 


27/09/2020 - Brenda Marques

Para sua segurança, altere a sua senha!


Informe a senha antiga, a nova senha e, em seguida, repita a nova senha e clique o botão salvar.


Senha Antiga


Nova Senha


Repita a Nova Senha


   
Label