Bolsa de Suínos
DataDiferidoTributado
13/01/20225,800,00
06/01/20225,800,00
30/12/20216,400,00
23/12/20216,900,00
Notícias
13/01/2022 •  Bolsa de Suínos do Interior de Minas (BSim) define preço a R$ 5,80
12/01/2022 •  [Artigo - Basetto e Hipra] Controle da Doença de Glasser através da proteção heteróloga
11/01/2022 •  [Na mídia] China volta a produzir muito milho
11/01/2022 •  [Na mídia] Em transplante inédito, homem recebe coração de porco geneticamente modificado, nos EUA
Galerias
31/01/2020 •  Confira as fotos da 10ª Suinfest - 2018
07/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 07/7
06/07/2016 •  Fotos: 9ª Suinfest, dia 06/7
05/07/2016 •  Fotos: Jantar de Abertura 9ª Suinfest (dia 05/7)
Notícias

[Na mídia] Setores de aves e de suínos aplaudem aprovação da Desoneração da Folha na CCJ




Por ABPA

 

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) aplaudiu hoje a aprovação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara do Projeto de Lei n° 2541/2021, de autoria dos Deputados Federais Efraim Filho e Dagoberto Nogueira, que altera a Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, para prorrogar o prazo quanto à contribuição previdenciária sobre a receita bruta – chamada “desoneração da folha de pagamento” – até 2023.

 

A lei tem por objetivo estimular a geração de emprego e renda em cadeias produtivas de setores intensivos em mão de obra, como é o caso da cadeia agroindustrial da avicultura e da suinocultura e outros setores.  Na avaliação da ABPA, a aprovação na Câmara é uma vitória para o País, já que preserva temporariamente o modelo tributário em vigor desde a instalação da Lei 12.546, de 2011, para os 17 setores que mais empregam em todo o país. Uma eventual reoneração, alerta a ABPA, poderia causar impactos diretos nos custos de produção, agravando o quadro inflacionário dos alimentos decorrente das altas de insumos, além da suspensão imediata das contratações e um provável risco de perda de mão de obra em meio à retomada econômica.

 

Por este motivo, a ABPA agora trabalhará para sensibilizar senadores acerca da importância da celeridade da aprovação da matéria no âmbito do Senado Federal, para encaminhamento urgente para sanção presidencial, evitando a perda do prazo para a manutenção do benefício.

 

Hoje, a avicultura e a suinocultura do Brasil empregam 4 milhões de trabalhadores direta e indiretamente.  Cerca de 500 mil postos de trabalho são gerados apenas nas plantas frigoríficas.  Apenas durante o ano de 2020, em meio à pandemia, as agroindústrias do setor contrataram mais de 20 mil trabalhadores, com o aumento da produção de alimentos para o abastecimento interno.


17/11/2021

Para sua segurança, altere a sua senha!


Informe a senha antiga, a nova senha e, em seguida, repita a nova senha e clique o botão salvar.


Senha Antiga


Nova Senha


Repita a Nova Senha


   
Label